Se liga! Informativo Onda Jovem

terça-feira, 19 de junho de 2012

Um ano do Onda Jovem


Hoje estamos em festa, portanto, o texto abaixo, de forma isolada, pode não representar nada, porém, neste texto comemorativo de um ano, cada palavra em azul é um link de um texto aqui outrora publicado. Agradecemos aos amigos leitores por nos prestigiar quando comemoramos um ano e quase doze mil acessos.

No princípio queríamos dar apenas uma opinião e trocar ideias sobre políticas públicas para a Juventude. Começamos falando sobre a Nova política, o Novo político e sobre o que gostaríamos de ouvir em 2012.

A verdade nua e crua é que percebemos de cara que incomodamos não só com nosso texto, mas também com nossa atuação. Alguns da imprensa na sua falta de isenção, tentaram nos calar e como forma de desabafo, mesmo com a crise de mobilidade, fomos às ruas caminhando e cantando na  1ª Marcha dos Moleques. E apesar de parecer coisa de moleque, a marcha não foi brincadeira, discutimos na marcha a droga da festa, falamos sobre os meandros da política, direitos humanos, código florestal e “otoridades” ambientais.

Passada a Marcha, continuamos a luta contra o Leviatã cobramos o Governo Estadual sobre o repasse de verbas, falamos sobre a nova Lei de prisões, a reforma política, o Plano Brasil Maior, a distribuição de renda,  a ineficiência atual dos conselhos municipais, participamos ativamente das conferências municipal, estadual e nacional da Juventude. Apontamos as deficiências no serviço público, especialmente na saúde e na educação que temos como panaceia para os problemas da sociedade.  Abordamos a violência infantil, a homofobia, e sobre nossos sonhos. Das notícias do mundo falamos das Eleições na Rússia e da Crise na Líbia.

Concomitante à chamada Primavera Árabe, tivemos uma nova página na nossa história: O maior caso de corrupção em Limeira em que o prefeito não usou o Mantra da Ação Pública, nos levou do medo á esperança de dias melhores para a cidade. O limeirense deixou de lado a Política Futebolística e manifestou-se indo às ruas, gritando, cantando,  exigindo moralidade!

Durante a Comissão Processante a Mágica permaneceu e assimilamos o Golpe que sofremos. Num momento em que quase nos envergonhamos de ser honesto, tivemos uma lição de vida e pudemos refletir. Com paciência, mantivemos a esperança e a população venceu!

Quando vimos que a quantidade de eleitores entre 16 e 17 anos diminuiu, fizemos a travessia da ponte dos nossos ideais, e sabendo do papel da Juventude e do poder que ela tem em suas mãos, realizamos a campanha pelo voto aos 16 e VENCEMOS!

Agora, às vésperas das eleições, estamos atentos à Arte do me engana que eu gosto. Sendo na Graça ou trapaça, observamos àqueles que querem aparecer antes da largada e fazem o uso e abuso do poder econômico.

Enfim, este blog é só uma questão de opinião, pois sabemos que não somos heróis e vilões ou ainda anjos e demônios, apenas queremos que no futuro tudo tenha valido a pena e que na nossa memória não seja apenas lembrança...

Nenhum comentário:

Postar um comentário