Se liga! Informativo Onda Jovem

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Nova Política


Certa vez ouvi um cidadão dizer que não havia a nova política, nem novos políticos e que tudo era balela com discursos vazios.

Não concordei, porém não argumentei, resolvi pensar na situação e fui além, passei a observar ao meu redor alguns que se diziam parte de uma nova política, aquela revolucionária, não pelas farras, mas pelos ideais, pela postura de liderança nata, que é bem diferente de líderes empossados por tradições familiares.

Lideranças natas não precisam impor presença, elas se dão naturalmente pela necessidade que sentimentos de ter ao nosso redor pessoas que tragam dentro de si um espírito de mudança alinhada com posições firmes perante seus atos.

A partir dessa concepção de liderança, descobri que há sim nova política e novos políticos.

Eles estão aí, dispostos a lutar para que seus sonhos sejam reais.São lideranças dos mais diversos segmentos que buscam através de uma nova forma de ver e trabalhar a política um caminho para as mudanças. Mudanças essas que muitos desejam, porém poucos se atrevem a buscar.

Pude perceber que alguns tentam se impor e mostrar trabalho, mas apenas uma pequena parcela consegue de fato compor um grupo que compreenda atitude, vontade, e capacidade de mudança.

As velhas raposas estão atentas a esses novos líderes que surgem e por inúmeras vezes tentam aniquilar os postulantes a esse disputado espaço de poder.

Poder esse que precisa estar nas mãos corretas, visto que não é difícil nos depararmos com pseudolíderes, aqueles que estão sempre a mercê de uma voz e não são capazes de se definirem sozinhos, estes, certamente se perdem por esse caminho, onde somente grandes e verdadeiras lideranças permanecem com sucesso.


Vivian Smanioto

Nenhum comentário:

Postar um comentário