Se liga! Informativo Onda Jovem

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Coisa de Moleque




O sonho é a luz que nos guia em uma sociedade que se declara democrática, é no sonho que projetamos os caminhos que percorreremos, e no trabalho que se sonha acordado e se constrói algo, mesmo que mínimo e pequeno, em formas e efeitos mais ricos e proveitosos, do sonho ao trabalho produziremos as sombras que a árvore da sociedade nos oferecerá, e a fonte mais rica de sonhos que cada um pode ter está no espírito moleque que nos preenche no momento mais puro e inviolável da juventude.

As forças estabelecidas que ocupam com gozo a maior fatia da sombra que nossa árvore faz é quem esta eternamente posto para destruir qualquer novo sonho que comece a tomar forma, a se erguer, construir e que possa por um breve momento fazer com que dividam o seu espaço.

Essa força velha, no sentido não etário, mas sim de conceitos, reacionária e sectária, odeia o novo, tem pavor de debater, discutir e qualquer outra suposição de dividir, teme a vivacidade e pujança do sonho dos moleques, pois o desprendimento e vivacidade das mobilizações jovens lhe parecem ignorantes ao não serem mal comunadas com o dinheiro e jogos sujos do poder, limitando o espaço de retaliação, a não ser o eterno discurso do desmerecimento, deboche e forçar que esses moleques que sonham parecerem loucos.

Logo cedo, em minha vida, aos onze anos, ainda moleque, me defrontei com a pouca chance de viver, e ali aos pés da vida, no auge da brincadeira, no momento mais moleque, construí um sonho que me move até hoje, e segue rico e eterno no seu propósito, lutar e caminhar serão os reflexos que um jovem, na maior molecagem, desejou fazer.


Moleque Pietro Parronchi

3 comentários:

  1. Querido MULEQUE< PIETROPAM< e tudo mais que te chamarem, gostaria eu de ser educado e polido como você, meus pais e parentes ate tentaram me educar assim, mas meu sangue Bugre, alemão com índio não deu para isso! Então eu sou como sou! Sempre fui moleque , de quebrar vidraças de visinhos chatos e jogar sacolas de lixo em frente a casa de quem não nos deixava jogar bola na rua, graças a isso tenho muitos amigos de mais de setenta anos no bairro que morava em Sampa! Lá a MULEKADA que estava sempre nas ruas que evitava que bandidos roubassem carros e entrassem em casas, e quando alguém tentava quebrava a cara literalmente, vc e todos que dão suas jovens carinhas com espinhas e cheias de duvidas na vida política, devem ser louvados, não pelos malditos partidos que se filiam , mas pela coragem de serem uma voz , muitas vezes tímidas nesta podridão que é a política ! Saibam todos quanto lerem este comentário , foi da luta de jovens que deram ate suas vidas pela idéia que defendiam que hoje podemos votar e falar, e ate chamar quem luta por uma política melhor de moleques! Lembrem que; Vcs não são inimigos e estão no mesmo fronte, apontem suas armas para o lado certo , não para vcs jovens , mas para os velhos caciques!

    ResponderExcluir
  2. #MarchaDosMoleques?
    http://www.facebook.com/groups/162306917180709/

    ResponderExcluir
  3. Era uma casa muito engraçada não tinha teto não tinha nada ninguém podia entrar nela não por que na cas não tinha chão, ninguém podia dormir na rede por que na casa não tinha parede, ninguém podia fazer xixi por que pinico não tinha ali, mas era fea com muito esmero rua dos bobos numero zero...
    Como diria Einstein " existem duas coisas infinitas: o universo e a estupidez humana, mas quanto ao universo eu tenho minhas dúvidas"
    Eu surfo na onda jovem !!!

    Cau

    ResponderExcluir